11/03/2013 - 12:53     |
Mestranda da UFMT estuda alternativa para produção bovina
Fonte: A Gazeta
Uso de Coprodutos da Lavoura e do Biodiesel em Estratégias de Produção Intensiva de Bovinos a Pasto, trata-se do trabalho da mestranda Renata Pereira da Silva, do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, da UFMT, desenvolveu o trabalho “Uso de Coprodutos da Lavoura e do Biodiesel em Estratégias de Produção Intensiva de Bovinos a Pasto”, defendido na Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia (Famev). De acordo com o trabalho, três experimentos foram realizados no setor de Bovinocultura de Corte da Fazenda Experimental da Universidade Federal de Mato Grosso, localizada no município de Santo Antônio do Leverger, a 30 quilômetros de Cuiabá. A finalidade foi “avaliar o fornecimento de níveis de suplementos múltiplos sobre os parâmetros nutricionais, desempenho produtivo, viabilidade econômica de novilhas Nelore recriadas em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu durante o período da seca; e avaliar o fornecimento de níveis de substituição do milho pela glicerina em suplementos múltiplos sobre o desempenho produtivo e viabilidade econômica de novilhos Nelore em pastejo no período seco do ano”. A glicerina é um coproduto do biodiesel cujo aproveitamento é autorizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como insumo para alimentação animal. Devido ao alto teor de ácidos graxos, pode ser fonte nutricional economicamente viável na substituição de ingredientes energéticos como o milho, por exemplo. Na pesquisa de Renata Silva, no experimento um foram utilizadas 20 novilhas nelores, com idade e peso médios iniciais de 22 meses e 328,45 quilos, respectivamente; no experimento dois foram utilizadas cinco novilhas nelores, com idade e peso médios de 22 meses e pouco mais de 344,00 quilos, e no experimento três foram utilizados 40 novilhos nelores com peso corporal médio inicial de 203,12 quilos e idade média inicial de 12 meses, distribuídos em oito piquetes de 1,6 ha cada. Concluiu-se que os animais suplementados apresentaram maior ganho de peso médio diário (GMC) em relação aos que receberam um suplemento apenas com mistura mineral ad libitum (MM). “Os diferentes níveis proporcionaram retorno financeiro positivo.” A banca de dissertação foi composta pelos professores Joanis Tilemahos Zervoudakis (orientador), Luciano da Silva Cabral (co-orientador), ambos da Famev, e Emerson Alexandrino, da federal do Tocantins - UFT (examinador externo) e pelas professoras Lucia-na Keiko Hatamoto-Zervoudakis (co-orientadora) e Rosemary Laís Galati.
 
© Copyright 2018 Todos os Direitos Reservados by clube7web