04/01/2013 - 11:13     |
Casos de ferrugem aumentam 350% em Mato Grosso
Fonte: Só Notícias
Mato Grosso fechou 2012 com alta de 350% nos casos confirmados de ferrugem asiática. Apenas em outubro e dezembro, foram nove focos identificados, enquanto em 2011 os registros apontam apenas dois focos em dezembro, informou a Folha do Estado. As chuvas irregulares na safra 2012/2013 ajudaram na proliferação. Conforme especialistas do Consórcio Antiferrugem, existem mais casos, contudo não foram registrados e nem encaminhados aos laboratórios para análises. A preocupação quanto a ferrugem asiática intensificou-se, ainda mais, neste momento de fase de colheita, visto o fungo ser levado as plantas ainda em desenvolvimento. Dos 9 casos confirmados e registrados, 6 foram notificados em soja guaxa (nascida involuntariamente às margens das rodovias e zona urbana). Os demais foram confirmados em soja comercial. Primavera do Leste e Campo Novo do Parecis são os municípios com maior incidência, registrando dois casos em cada. Já em Campo Verde, Ipiranga do Norte, Sapezal, Lucas do Rio Verde e Alto Araguaia foram intensificados um caso cada. “Os números que constam no site do Consórcio Antiferrugem são apenas indicadores, pois há produtores que não registram os focos e nem levam o material para análise nos laboratórios. Sendo assim, o número pode ser maior que estes 9 casos”, comenta o gerente técnico da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Luiz Nery Ribas. Segundo ele, o estado de alerta segue nas lavouras mesmo com as irregularidades das chuvas desde dezembro. “O fungo precisa de umidade e alta temperatura para se proliferar. É preciso os dois juntos para isso e no momento estamos apenas com altas temperaturas, o que tem ajudado, além da monitoração dos produtores”. Ribas apontou ainda que as aplicações de fungicidas seguem em todo o Estado, sendo que em algumas lavouras, foram mais de duas. Conforme ele, o período atual é de extrema atenção. “Esta é uma fase de perigo, pois conforme colhe-se o fungo com o vento pode espalhar-se na soja que ainda está em desenvolvimento”. No Brasil, entre outubro e dezembro de 2012, 31 casos de ferrugem asiática foram confirmado pelo consórcio. No ano anterior, foram 22 focos.
 
© Copyright 2018 Todos os Direitos Reservados by clube7web