19/10/2012 - 14:56     |
Rebanho suíno diminui 7,9% em Mato Grosso
Fonte: Só Notícias
Foto: Ilustrativa
Rebanho suíno diminui 7,9% em Mato Grosso
O rebanho suíno (porcos, porcas e leitões) diminuiu aproximadamente 7,97% em Mato Grosso e atingiu pouco mais de 1,9 milhão de cabeças em 2011, segundo a pesquisa Produção da Pecuária Municipal (PPM) 2011, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2010, o mesmo levantamento apontou a existência aproximadamente 2,1 milhões de cabeças. Considerados animais de porte médio, os números mato-grossenses são opostos aos cenário nacional, que registrou aumento de 0,9% no rebanho ano passado, atingindo 39,3 milhões de cabeças. Deste total, o IBGE aponta que 12,2% corresponde a de porcas criadeiras. Os maiores rebanhos estão concentrados em Uberlândia (MG), Rio Verde (GO), Toledo (PR) e Concórdia (SC), onde existem grandes frigoríficos. O levantamento aponta redução também em outros dois tipos de rebanho de porte médio em Mato Grosso: caprinos (bodes e cabras) e ovinos (ovelhas e carneiros). No primeiro, por exemplo, foram identificados cerca de 33,6 mil cabeças até dezembro de 2011 enquanto, em 2010, atingiram 40,2 mil, gerando diminuição de aproximadamente 16% entre os anos. Já no rebanho de ovinos, foram identificadas 474, 5 mil cabeças até o final do ano passado. Queda aproximada de 13,6% ante 2010, quando foram registrados 549,4 mil animais. Nacionalmente, a quantidade de caprinos atingiu 9,3 milhões em 2011 (mesma média em relação a 2010) e, a de ovinos, somou 17,6 milhões de cabeças (alta de 1,6% quando feito o comparativo). O estudo 'Produção da Pecuária Municipal' é divulgado anualmente, com informações sobre o efetivos dos rebanhos, quantidades e valores dos produtos animais.
 
© Copyright 2018 Todos os Direitos Reservados by clube7web