23/07/2012 - 11:16     |
Pecuária de MT pretende fazer frente ao leite importado da Argentina
Fonte: Valor Econômico
Foto: Ilustrativa
Pecuária de MT pretende fazer frente ao leite importado da Argentina
A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) elaborou um estudo batizado de “Diagnóstico da Cadeia do Leite do Mato Grosso”. Por meio dele, a instituição averiguou que os produtores do Estado querem fomentar a cadeia leiteira com melhoras na higiene, manuseio e alimentação dos animais. A intenção é que os pecuaristas façam frente aos produtos importados da Argentina, que produziu 10,5 milhões de litros de leite no ano passado, e do Uruguai, que chegou à casa dos 1,8 milhão de litros. O Brasil produz 31,6 milhões de litros, mas enfrenta apesar da liderança a concorrência dos países vizinhos. Segundo a cooperativa mato-grossense Lacbom, que tem cerca de 1,5 mil associados, a meta é expandir a produção nos próximos anos para 240 mil litros de leite por dia. Atualmente, os cooperados produzem 170 mil litros de leite por dia, sendo que 130 mil deles são destinados para a produção de longa vida (UHT). O restante é destinado à fabricação de derivados.
 
© Copyright 2018 Todos os Direitos Reservados by clube7web