06/07/2012 - 12:20     |
Cuidados pós-colheita do café podem garantir próxima safra
Fonte: Agrolink
Foto: Ilustrativa
Cuidados pós-colheita do café podem garantir próxima safra
A colheita do café conilon está praticamente concluída no Espírito Santo, gerando bons índices de produção nos principais municípios produtores, mas os trabalhos na lavoura não terminaram. Após a colheita, alguns cuidados são necessários na plantação já pensando na próxima safra. De acordo com o técnico agrícola da Defagro Defensivos Agrícola, Adriano Oliosi, os tratos com a lavoura pós-colheita começam com a análise de solo e foliar. Antes de adubar a lavoura é preciso conhecer a necessidade de nutrientes do solo e das folhas para aplicação correta de adubo. “A correção do solo com calcário, por exemplo, é importante para o ciclo do café. Analisando o solo, o produtor só vai aplicar o que precisa realmente, evitando desperdícios", afirma Oliosi. A poda da planta é uma ação considerada extremamente importante para o desenvolvimento da lavoura. A prática consiste em retirar a parte da planta, ramos e hastes, que já produziram. "O produtor tem que deixar ramos com parte vegetativa para dar flores e frutos na próxima safra. Aquelas hastes que não têm mais possibilidade de produção devem ser retiradas. O tempo médio das hastes ficarem na planta é de três a quatro anos", explica o técnico. A adubação deve ocorrer após 30 dias da análise de solo ou aplicação do calcário. Normalmente, quatro vezes ao ano, levando em consideração a poda, a florada, enchimento dos frutos e maturação. O combate a pragas e doenças no cafezal deve começar também logo após a colheita. “A dica é, após a poda, entrar com a pulverização e os nutrientes adequados na planta, que possam protegê-la de doenças”, destaca Oliosi.
 
© Copyright 2018 Todos os Direitos Reservados by clube7web