04/11/2011 - 11:59     |
Procura por frango cresce e abate aumenta em 16% em MT
Fonte: Autor: A Gazeta
Aumento preço da carne vermelha no último ano ajudou o consumo de aves ser consolidado no Estado. Não houve incremento significativo nas vendas, mas a comercialização deixou de oscilar conforme variava o preço da carne bovina. Em Mato Grosso, o abate de aves cresceu 16% entre o primeiro semestre de 2010 e o mesmo período deste ano.

Entre janeiro e junho de 2011 foram abatidas 102,645 milhões de aves, sendo que no mesmo período do ano passado foram 87,808 milhões. Com maior oferta, os preços se mantiveram ao consumidor, e apesar de uma demanda mais significativa, não houve acréscimo. Produtor Aléssio Di Domênico explica que este ano o mercado de aves foi constante, mantendo consumo e preços estáveis. “Houve a consolidação do setor. Produção em Mato Grosso foi boa e atendeu bem a demanda”. Segundo ele, o bom período não foi melhor aproveitado para investimentos devido à alta nos custos que o setor enfrenta.

Com o aumento do preço de soja e milho, a criação está cerca de 25% mais cara, o que não se refletiu no valor repassado ao consumidor. De acordo com Domênico, além da produção ser boa e ter garantido o abastecimento, o baixo valor do dólar desestimulou a exportação e assim mais produtos ficaram no mercado interno.

Professora Eliane Dias Almeida, 50, conta que a carne bovina mais cara fez sua família passar por uma adaptação e o frango se tornou a principal alternativa. “Tivemos que migrar da carne vermelha para a branca para aliviar o bolso. Não tínhamos o costume de comer frango, até surgir a necessidade”.

Proprietário de uma rede de supermercados, Altevir Magalhães explica não se pode afirmar que as vendas de frango aumentaram, mas que há um efeito imediato quando a carne bovina sobe, já que há maior comercialização de aves e suínos, mas que depois as vendas se acomodam e voltam às mesmas proporções.

 
© Copyright 2018 Todos os Direitos Reservados by clube7web